BELEZA

→ CABELO CRESCER O FAZER? Dicas Simples e Baratas e Rapidas

 

Dicas para combater a perda de cabelo

Vitamina Cabelo. Ao nascer, herdamos um capital genético de folículos pilosos que, em desenvolvimento, define nosso tipo de cabelo.

Seja para homens ou mulheres, o cabelo é uma beleza capital e um recurso sedutor.

Então, quando eles caem em grandes quantidades, é normal se preocupar!

Existem soluções para reduzir essa queda de cabelo e especialmente estimular o novo crescimento.

Descubra o conselho de farmacêuticos para aumentar o capital do seu cabelo.

 

→ PRINCIPAIS DICAS FINAL DO ARTIGO

 

Quer ver depoimentos e dicas para o Cabelo

Deixe seu comentário no vídeo abaixo!

Trabalhamos com amor e dentro do possível seu comentário será respondido!

Este conteúdo não substitui uma consulta medica!

#dietablogbr

 

(VÍDEO) → Alimentos e Vitaminas Para o Cabelo Crescer Mais Rápido

 

1- Tratamentos anti-queda de cabelo

Durante uma perda de cabelo ou queda de cabelo sazonal, os tratamentos locais podem ser realizados com xampus estimulantes suaves e loções anti-queda.

Estes produtos geralmente contêm:

– Extratos de plantas como a quinina, conhecida por fortalecer a estrutura do cabelo

– Vitaminas do grupo B para fortificar o cabelo

– Minerais

– Outras moléculas como o aminexil patenteado para seu efeito anti-queda

– Ou o stemoxydine que desperta bulbos de cabelo dormentes.

– É aconselhável escolher um shampoo de sua preferência para não atacar o cabelo com um máximo de 3 a 4 shampoos por semana.

– Se o cabelo é oleoso ou semelhante a um filme, é aconselhável usar um cuidado adaptado a cada problema, além do shampoo ou da loção anti-queda.

– Entre dois tratamentos, promova um shampoo extra suave.

– Não use xampu para bebês, eles não são adequados para adultos (mesmo que cheirem muito bem!).

 

Suplementos dietéticos anti-queda de cabelo

A perda de cabelo sintomas também está ligada a deficiências de:

– Zinco

– Magnésio

– Cálcio

– Vitamina B

– Ferro

O cabelo também é muito bom indicador dessas deficiências, incluindo deficiências minerais.

Além disso, os suplementos alimentares para cabelo são um dos primeiros reflexos a ter durante uma queda de cabelo, uma vez que permitem com um tratamento de pelo menos 3 meses (é a condição obrigatória!) para melhorar a aparência do cabelo e revitalizar o ciclo capilar.

Estes suplementos dietéticos melhoram a microcirculação capilar e reduzem a inflamação no nível do bulbo que precede a queda do cabelo.

Eles fornecem vitaminas do grupo B que são necessárias para a síntese da queratina e o crescimento dos cabelos:

– B6

– B8

– Zinco

– Aminoácidos sulfurados.

 

Alguns suplementos dietéticos também são sebo reguladores, portanto, podem reduzir  o excesso de produção de sebo que pode causar queda de cabelo.

Nestes suplementos sebo reguladores, encontramos principalmente o óleo de semente de zinco e abóbora, por exemplo.

A presença da Taurina é importante nesses suplementos alimentares, pois ajuda a combater os radicais livres, responsáveis ​​pelo envelhecimento prematuro do bulbo capilar.

Sem mencionar a levedura de cerveja, que tem um jeito ancestral de fortificar o cabelo.

Esses suplementos alimentares, portanto, melhoram a qualidade geral do cabelo:

– Um diâmetro mais espesso

– Um brilho

– Um tônus ​​reforçado.

 

2- Queda de cabelo

O mundo das plantas também tem um lugar no tratamento da perda de cabelo!

Graças à medicina herbal, você pode tratar seus problemas de cabelo.

De fato, muitas plantas são encontradas nos suplementos alimentares mencionados acima e geralmente estão associadas a minerais para se beneficiar de uma ação de reforço sinérgica!

 

– É possível usar plantas em uso local por fricção no couro cabeludo, como a Quinina, que é uma árvore da América do Sul. A quinina é usada em muitos xampus, loções e loções anti-queda de cabelo.

 

– O Sylvester Pine contém uma molécula chamada alfa-pinene que ajuda a promover o crescimento celular localmente no bulbo do cabelo.

 

– Alcaçuz modifica a ação de enzimas responsáveis ​​pela perda de cabelo e, finalmente, Boxwood usado em decocção que é o processo de extração dos princípios ativos de substância ou planta pela ação de líquido em ebulição, onde na forma de atrito tem um efeito benéfico para parar a perda de cabelo.

 

– Finalmente, alecrim, bardana e urtiga raiz são plantas com capucina que melhoram a aparência geral do cabelo e impedem a queda.

Não hesite em pedir conselhos ao seu farmacêutico sobre como obter e usar estas ervas.

 

Homeopatia (Método Terapêutico) contra a perda de cabelo

Na homeopatia, várias cepas (Plantas) são indicadas.

Atenção, essas indicações são dadas de maneira geral e devem ser objeto de uma visita a um homeopata para a análise do solo do indivíduo para determinar a cepa adaptada, bem como a dosagem adequada em cada pessoa.

De qualquer forma, pergunte ao seu farmacêutico ou homeopata sobre o tratamento adequado em cada caso.

 

Aromaterapia contra a perda de cabelo

 

CUIDADO: Deve-se ter muita cautela ao usar óleos essenciais pela primeira vez para detectar intolerância ou alergia e não usá-los em crianças ou mulheres grávidas.

Finalmente, não se exponha ao sol dentro de 2 horas após a aplicação de um óleo essencial.

Seleção de óleos essenciais para o cabelo:

– Óleo essencial de Ylang ylang graças ao seu poder antioxidante.

– Óleo essencial de alecrim que ativa a microcirculação no bulbo capilar.

– Óleo essencial de limão para efeito tonificante no couro cabeludo

– Óleo essencial de cedro, óleo essencial de tea tree e óleo essencial de Palmarosa é uma mistura que pode ser usada em um xampu para uma perda de cabelo em um couro cabeludo oleoso.

Tenha cuidado, sempre pergunte ao seu farmacêutico para o uso destes óleos essenciais que têm ingredientes ativos, por vezes, muito poderosos e podem ser incompatíveis com a tomada de certos medicamentos.

 

Transplante de cabelo

O transplante de cabelo é geralmente o último recurso para uma perda de cabelo significativa (e ou muito mal vivida).

O transplante de cabelo natural é certamente uma maneira relativamente cara, mas a colocação de implantes é algo muito mais comum e acessível.

Finalmente, o uso de perucas ou postiços (graças agora à sua alta fabricação técnica) os torna acessórios quase indetectáveis ​​e são uma alternativa muito boa para enxertos ou implantes a um custo menor.

 

Perda de cabelo no balcão do farmacêutico

Determinar possivelmente a causa:

– Gravidez

– Dieta

– Estresse

– Mudança de tratamento hormonal

– Fadiga

– Solo hereditário.

 

– Oferecer suplementos alimentares durante 3 meses associados a shampoos anti queda de cabelo e shampoos suaves.

– Propor se a pessoa quer um tratamento local para estimular o novo crescimento.

– Em seguida, faça um primeiro ponto após 3 meses, pois os efeitos de todos esses tratamentos são visíveis somente após 3 meses, sendo isso relacionado à fase natural de crescimento do cabelo.

Embora uma melhora visual possa ser notada com algum tratamento a partir do primeiro mês.

 

As causas da perda de cabelo

A perda de cabelo é normal, uma vez que todos perdem entre 50 e 100 fios por dia, alguns mais dependendo do tipo de cabelo, idade, estação ou hereditariedade.

– O cabelo cresce 1 mm a cada 3 dias, o que corresponde a cerca de 12 a 15 cm por ano.

– As fases de crescimento são de 3 a 6 anos e a fase de descanso de 3 semanas durante as quais o cabelo morre.

– Sua fase de queda se estende por 3 meses.

A queda é uma estação conhecida por ser propícia à perda de cabelo e calvície devido a variações hormonais em resposta ao brilho

Mas períodos de estresse ou perturbações hormonais, como gravidez ou menopausa, podem causar perda de cabelo em mulheres.

De fato, a maternidade causa um fenômeno chamado alopecia pós-parto que afeta cerca de uma em cada duas mulheres.

Mas não se preocupe porque as mulheres recuperam todo o seu capital capilar no ano seguinte ao nascimento do bebê.

 

Assim, se é normal perder um pouco de cabelo por dia, é necessário consultar o seu médico se:

– A queda é mais de 200 cabelos por dia.

– Arrasta-se porque pode estar ligado a um problema médico subjacente

– Ou, no caso de uma queda de cabelo patológica: alopecia.

Esta alopecia ou calvície nos seres humanos é mais frequentemente devido a um excesso de hormônios masculinos, este excesso pode ser hereditário, mas há muitos outros fatores nem sempre conhecidos que também são levados em conta.

Finalidade: cabelo mais forte, mais grosso e mais denso!

 

3- Como evitar a queda de cabelo?

Algumas dicas de saúde para começar:

– Não traumatize o cabelo!

Pare com o abuso de produtos agressivos (ou feitos por um profissional): colorações, permanentes, alisantes químicos…

 

– Não puxe o cabelo!

Tenha uma escova de cabelo adequada e preste atenção às:

  • Faixas de cabeça
  • Elásticos
  • Rolos
  • Tranças muito apertada
  • Chapinha
  • Placa alisadora.

 

– Evite água muito quente ou secagem muito quente (secador de cabelo ou alisador com placas).

 

– Massageie o couro cabeludo, isso ativa a microcirculação e torna o couro cabeludo muito mais receptivo para o cuidado.

A massagem é feita com as pontas dos dedos de forma suave com movimentos circulares do pescoço até o topo do crânio.

Pequenos dispositivos de massagem em forma de aranha também podem ser usados ​​e são muito eficazes para estimular a microcirculação.

 

– Use um chapéu ao sol e preferir uma secagem ao ar livre do cabelo é uma vantagem para ter um cabelo bonito e resistente.

 

– Use produtos capilares de proteção (óleos nutritivos, com ou sem filtros solares, dependendo da exposição), limitando a natação excessiva na água salgada e / ou clorada que os torna quebradiços.

 

– Lave o cabelo com um suco de limão diluído em água morna apertar as escamas do cabelo.

 

A dieta também desempenha um papel importante desde um consumo equilibrado rico em zinco:

– Frutos do mar

– Carne

– Fígado de vitela

– Feijão

– Soja

– Lentilhas

– Gérmen de trigo

– Pão integral.

 

Vitaminas do grupo B podem nutrir a parte interior do cabelo, tais como nos seguintes alimentos:

– Carne

– Peixe

– Legumes

– Produtos lácteos.

O tabaco também afeta a qualidade dos cabelos menos irrigados, são “asfixiados” pelas substâncias contidas nos cigarros.

ATUALIZADO: 22.05.18

No Comments

Leave a Reply

quatro × 1 =